A natureza é tudo isto, e muito mais!

Escrito por Ana Fernandes Quinta-feira, 23 Abril 2015 12:14

Consegues imaginar um poema, como sendo o mais belo, o mais profundo, o mais sensível, o mais delicado, o mais artístico que alguma vez existiu?

Pois bem, a natureza é tudo isto e muito mais!

Ela é exactamente como um poema. Por vezes, é difícil de se conseguir interpretá-lo.

Mas com alguma atenção, compreensão, e principalmente com sensibilidade suficiente para se saber senti-lo, constata-se que é muito fácil entender o poema, e posteriormente vir a amá-lo.

Última Actualização: Quinta-feira, 23 Abril 2015 12:14 Ler mais...

Transição…

Escrito por Ana Fernandes Domingo, 12 Abril 2015 09:42

Tenho refletido sobre momentos de transição.

As transições quando nos acontecem podem deixar-nos admirados, ao mesmo tempo maravilhados. Porque é interessante de se observar, de se sentir cada uma delas.

Vejamos, desde crianças que vestimos uma determinada pele. Para facilitar o vosso raciocínio, vamos imaginar a “pele” como sendo um casaco que nos vestiram, ou melhor muitos casacos sobrepostos. Então, cada casaco corresponde a algum tipo de conhecimento que apreendemos. Portanto, estamos repletos de imensas peles que transportam vários tipos de conhecimento. Muito dele obsoleto.

Última Actualização: Domingo, 12 Abril 2015 09:43 Ler mais...

Quando foi a última vez que…

Escrito por Ana Fernandes Terça-feira, 7 Abril 2015 04:39

A natureza está constantemente a privilegiar-nos.

Infelizmente, uma parte da humanidade não valoriza o que ela nos oferece.

É necessário, que os olhos que observam a natureza sejam olhos sensíveis. Olhos que sentem. Olhos que ouvem. Olhos que observem a natureza com sentimento.

Última Actualização: Terça-feira, 7 Abril 2015 04:46 Ler mais...
Ir para o topo desta Página.
Creative Commons License
Textos escritos por Ana Daniela M. Fernandes estão licenciados sob a Atribuição Creative Commons - Uso Não-Comercial - Partilha nos termos da mesma Licença, cc 2.5 Portugal License.
Textos pertencentes a outros autores são da responsabilidade dos mesmos.