Não existem palavras suficientes para descrever o indescritível…

 

O segundo vídeo também me emocionou muito. Senti-me triste ao vê-lo… Não só pela perda do cãozinho, mas pelo facto de ter consciência que uma boa parte dos seres humanos não veem o que eu vejo, ou o que eu sinto. Ou seja, muito “boa gente” julga que os animais não sentem. Mas enganam-se!

Os animais sentem fome, frio, calor, alegria, tristeza, amor, e dor. Tal e qual como nós!

Talvez se sentissem como eu, protegessem mais os animais.

Espero que um dia a humanidade desperte, e entenda que é urgente cuidarmos verdadeiramente de todos os animais do nosso belo planeta.


Pergunto-me, será que um ser humano faria o mesmo pelo seu amigo (a)?

Será que arriscaria a própria vida para “salvar” o outro (já morto)?

Na minha opinião, e conhecendo um pouco o comportamento humano, muito poucos o fariam…

Sinceramente, os animais superam-nos em muitas coisas. São mais humanos que o próprio ser humano! Que de humano, muitas das vezes, nada tem!

 





Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Animais do nosso mundo

Estamos na Era do Holocausto Animal, cabe-te a ti decidir mudar!

Visualiza este vídeo e passa a quem conheças.  Juntos podemos fazer a diferença! Quem conseguir mudar os seus hábitos, não estará a contribuir para tal crueldade!

Animais do nosso mundo

Estamos a transformar os belos elefantes em assassinos de seres humanos, lê e descobre porquê!

Se o homem entendesse quantas espécies se extinguiram e quantas estão em vias de extinção, devido à sua irracionalidade, talvez começasse a olhar para os animais com outro olhar. Um olhar profundo, interrogador, não para Ler mais…

Animais do nosso mundo

Crueldade infligida aos tubarões! Basta!

Antes de abordar o tema principal, quero que saibas que os tubarões não são “assassinos sanguinários”, é um mito! “Não mais que doze pessoas por ano são mortas por tubarões pelo mundo. De fato, é Ler mais…