Há muito, muito tempo, existia um rio chamado Citarum. Localizado na Indonésia, mais propriamente em West Java. Este rio tinha águas cristalinas. Os peixes saudáveis abundavam. Os pescadores pescavam-nos, e vendiam-nos. Para poderem alimentar as suas famílias.

As aves marítimas, do rio se alimentavam.

O rio era tão belo, que cada visitante se encantava com a sua beleza natural.

Eu referi que existia, porque devido à estupidez humana, o rio já não existe mais. Não, como ele era!

A sua beleza foi destruída pelas mãos do homem ganancioso. O rio desapareceu completamente! Ele foi engolido por uma camada de lixo.

Pergunto-me, porque será que o homem dá mais importância ao dinheiro?

O homem julga que vive (ou que poderá continuar a viver) separado da natureza, mas engana-se!

Como tudo começou…

Há uns vinte anos atrás (quando o rio ainda se podia chamar de tal) começou a surgir uma rápida industrialização do país, mais ao menos nos finais dos anos 80. Naquela altura não existia nenhuma legislação ambiental, e nenhum controlo efetivo por parte do governo.

Rapidamente, o rio Citarum passou a ser o escoadouro natural dos resíduos das novas fábricas. Seguindo o exemplo destas, os habitantes começaram a depositar no rio todo o lixo que produziam.

Nos dias de hoje, as pessoas ocupam desordenadamente as margens do rio. O que de dia, para dia, agrava a situação. São 9 milhões de pessoas, e de centenas de fábricas que se instalaram junto às suas margens. Espero que consigas imaginar esta quantidade absurda de pessoas, e de industrias que continuam a poluir o rio Citarum.

Relativamente às fábricas (mais de 500), a maior parte são de produtos têxteis. Das quais se deveria de exigir um determinado tratamento químico específico. Isto, segundo as regulamentações internacionais. Mas as fábricas não o fazem, e lançam produtos altamente tóxicos rio abaixo.

Na atualidade, devido à quantidade de lixo que boia à superfície da água, não se consegue distinguir que ali existe um rio. Mais parece um aterro sanitário, e é um rio, ou era! Quem diria!

Pergunto-me, será que daqui a uns bons anos todos os rios que existem vão estar assim!?

Talvez, com a quantidade absurda de produtos que produzimos, e consumimos todos os dias. Somos bem capazes de chegar a este estado.

Em relação ao rio Citarum, porque será que os países do mundo não se juntam, e ajudam a despoluir o rio? Porque não veem eles?

Visto que a Indonésia não dispõe de nenhum serviço de recolha de lixo, nem ETAR, e desta forma, todos os resíduos vão diretos para o rio.

Na Europa, e em outros locais do mundo desenvolvido, construímos campos de futebol em que a manutenção por dia ronda os 5 mil euros (para estes estarem ao abandono). E, por uma causa tão importante, que deveria de ser ajudar um país a não poluir a natureza, nada se faz!

Vá-se lá entender o ser humano (que de racional pouco tem)! Infelizmente, ele está sempre a escolher errado.

As pessoas que habitam nas margens do rio Citarum, obviamente que já não pescam. Infelizmente, já entendemos porquê.

Agora, os habitantes ganham algum dinheiro por dia a recolher do rio (ou seja, a “pescar” lixo) garrafas de plástico, luvas de borracha, peças de madeira, etc… Esta ação tornou-se mais lucrativa, do que pescar peixe! Que ironia!

Para piorar esta realidade, as famílias inteiras de plantadores de arroz, utilizam a água deste rio poluído para irrigar as suas plantações. Assim como, utilizam esta mesma água poluída para cozinhar, beber, e na sua higiene pessoal.

Tudo isto é pura ignorância! Infelizmente, o povo não foi educado de modo a entenderem o grave problema da poluição.

Pergunto-me, em que mundo surreal vive o ser humano?

 

 

Espero que “o rio Citarum sirva de exemplo para as autoridades responsáveis por tantos outros rios, espalhados pelo mundo e que agonizam em silêncio, vítimas da mesquinhez humana que na busca desenfreada por lucros rápidos e crescentes, continuam a destruir os seus bens naturais mais preciosos.”


2 comentários

ligia · 27 de Janeiro de 2011 às 23:06

salvem suas vidas , salve o meio ambiente sem nós ele não vive , sem ele nós não vivemos.

rute · 8 de Fevereiro de 2010 às 22:53

realmente talvez as pessoas vejam o que acontece no mundo mas,por nao visualizarem consequencias imediatas acham que nao tem um grau elevado de importancia….

ate um dia….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Poluição no nosso Mundo

Oceanos… chocante!

Como sabemos, a Terra é conhecida como Planeta Azul. Ela é coberta de 71% de água, e esta é essencial para a vida na Terra.  A vida nos oceanos surgiu à aproximadamente 3,5 milhões de Ler mais…

Poluição no nosso Mundo

Tipos de poluição: até quando o planeta aguentará?

O ser humano já se habituou a viver no meio da poluição, mas até quando ele irá aguentar ou até quando o nosso planeta aguentará o excesso de poluição? Na minha opinião, o homem só Ler mais…